Palavras
882 views 0 comments

José Henriques Vareda

by on 14 de Dezembro de 2013
 

José Henriques VaredaJosé Henriques Vareda

Uma Referência

José Henriques Vareda é uma referência na cidade do vidro.

O Memorial Dr. José Vareda, (Campeonato Nacional de Xadrez de Semi-Rápidas por equipas) visa honrar uma figura que está ligada aos primórdios do xadrez na Marinha Grande. Nunca tendo sido mais do que um devotado amigo do xadrez, desde sempre viu no desporto da inteligência uma forma de incentivar a cultura e a formação intelectual.

José Henriques Vareda foi uma personalidade singularmente destacada nos meios sociais marinhenses e leirienses. Em ambas as cidades o seu nome e a sua obra estão perpetuados por placas toponímicas. A Marinha Grande atribuiu-lhe, ainda em vida, a Medalha de Ouro, o galardão honorífico mais elevado do concelho.

O Homem

José Henriques Vareda nasceu na Marinha Grande em 2 de Março de 1927, tendo falecido em 16 de Março de 1989. Filho de gente humilde e trabalhadora conheceu os tortuosos caminhos de uma vida nascida em meios humildes. Seu pai, ferrador de profissão, era um dos seus orgulhos. E foi dessa imagem de mãos calejadas pela rudeza do labor que sempre retirou a fidelidade à gente simples e trabalhadora da sua terra vidreira.

Cursou a escola primária e industrial na sua terra natal. Já a trabalhar, como empregado de escritório, logrou tirar o curso comercial, o liceu e finalmente ingressar na Faculdade de Direito de Coimbra onde se viria a licenciar aos 27 anos.

O Democrata

O Dr. José Henriques Vareda viveu a aurora da liberdade em 1974 ao lado dos seus conterrâneos. O sonho por que sempre se batera transformava-se numa exaltante realidade. Homem de singular sentido humanista encarou a vitória sobre a ditadura como forma de exprimir a sua tolerância. Tendo recusado diversos cargos políticos para que foi convidado, optou antes por continuar as suas tarefas pelo desenvolvimento da sua terra e da sua região. Vereador da cultura na Câmara Municipal da Marinha Grande nos anos de 1976 e 1977 veio também a ser um dos mais destacados deputados na Assembleia Municipal marinhense entre 1986 até à sua morte.

O Dinamizador do Associativismo

Na sua multimoda actividade social, o Dr. José Vareda teve sempre papel de grande relevo no devotamento à cultura e ao associativismo.

Foi um dos fundadores do Clube de Campismo “Unidos” na Marinha Grande, em 1945.

Foi várias vezes dirigente do Clube de Pesca da Marinha Grande e organizador de inúmeros concursos de pesca.

Foi um dos principais dinamizadores do Conselho das Colectividades da Marinha Grande antes do 25 de Abril.

Foi Presidente do extinto Grupo de Teatro Miguel Leitão, de Leiria.

Fundou e dirigiu os jornais regionais “Linha Geral” em Leiria e “O Correio” na Marinha Grande.

Foi um dos principais incentivadores dos cursos de línguas no Sport Operário Marinhense que em muito dinamizaram a sucessiva formação escolar de várias gerações de operários.

O Advogado

Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra no ano de 1954, o Dr. Vareda dedicou-se desde então à advocacia, onde veio a atingir renomada notoriedade profissional. Advogado probo e leal deixou uma insuprível lacuna junto de várias gerações de profissionais do foro quer fossem magistrados, advogados ou funcionários judiciais. O seu escritório em Leiria tornou-se um verdadeiro centro de estágio para os advogados em início de carreira. Advogado ilustre ficaram célebres muitas das suas peças jurídicas. Orador fluente e de fino recorte, o Dr. José Vareda levantou inúmeras vezes a sua voz clara em defesa dos desfavorecidos e de todos aqueles que careciam do seu apoio jurídico.

Advogado defensor da verdade e da justiça foi o último causídico a intervir num julgamento no Tribunal Plenário em defesa de um preso político.

O Político

O Dr. José Henriques Vareda foi igualmente uma iminente personalidade da oposição democrática ao regime fascista. Preso duas vezes pela ditadura integrou sem desfalecimentos todos os movimentos de cariz antifascista em luta pela liberdade.

Pertenceu ao MUD Juvenil, ao Movimento Nacional Democrático, à CDE, ao MOD e ao MDP/CDE. Activo participante das campanhas presidências de Norton de Matos e Humberto Delgado foi igualmente um dos principais organizadores do Congresso de Aveiro em 1969.

“Leader” da unidade no distrito de Leiria e no plano nacional, foi um dos principais obreiros da plataforma unitária da CEUD/CDE que em 1969 passou à história como plataforma de S. Pedro de Moel. Foi candidato a deputado pelas listas da CDE em 1969 e 1973.

O Dirigente do Sport Operário Marinhense

Diversas vezes e em diferentes épocas dirigente do Sport Operário Marinhense, veio a assumir a Presidência do mesmo, desde 1982 até ao seu decesso em 1989, tendo sido o principal obreiro da sua profunda remodelação transformando-o num espaço cultural e de convívio de reputação nacional.

O dinamismo do Dr. Vareda permitiu a criação de magníficas instalações, recuperadas a partir de uma velha fábrica de vidro, que são unanimemente  consideradas uma excelente recuperação do património cultural.

A sua acção no S.O.M. deu aso a uma nova fase na vida cultural marinhense já que é especialmente no espaço deste clube que a Marinha Grande e as suas diversas instituições públicas e privadas levam a cabo as mais importantes iniciativas na área cultural, económica, recreativa e de formação escolar.

No S.O.M. e mercê do entusiasmo criador do Dr. José Vareda existe hoje em pleno funcionamento uma Escola de Música, uma Escola de Ballet, Grupo de Teatro, núcleos desportivos, designadamente xadrez, judo, ginástica e voleibol, secção de danças, galeria de arte, etc.

Há homens cuja alma não fenece. Transforma-se em memória viva

Texto Retirado do seguinte site: Planeta-IPAo qual recomendamos uma visita.

Outras áreas de Palavras