Aberturas
596 views 0 comments

Quase no paraíso

by on 9 de Novembro de 2015
 

nuno_catitaAfinal não temos coligação de esquerda, temos uma máscara de esquerda formada por três partidos que deram a volta aos resultados eleitorais e fazem um assalto ao poder, com grandes hipóteses de êxito.

Teremos um partido no governo com a sustentabilidade de uma maioria de apoio parlamentar, pelo menos, enquanto os outros dois partidos não se cansarem de festejar a grande vitória da esquerda.

Cedência para lá e cedência para cá e vamos todos ficar muito melhor no início da próxima legislatura, vamos almoçar e jantar a pagar apenas 13% de IVA, vamos recuperar quatro feriados, vamos recuperar as 35 horas de trabalho, vamos recuperar a atualização das pensões, diminuir a TSU paga pelos trabalhadores com salário base igual ou inferior a 600€, reposição gradual dos salários da função pública, aumento do número de escalões do IRS, eliminação das taxas moderadoras de urgência, criação de estabilidade do corpo docente nas escolas, anular as privatizações e muitas outras grandes notícias que nos confirmam que o Estado está recuperado.

Todas estas “inversões” atestam que o sacrifício dos portugueses na última legislatura deram resultado, podemos aumentar a despesa sem preocupações, a dívida da nação está equilibrada, os cofres ficaram cheios, os mercados estão confiantes, o PIB vai crescendo, acabaram-se as greves e o Mário Nogueira voltará a dar aulas.

Dado que todos vão “engordar” talvez considerem que a volumosa fatura que nos será apresentada no futuro seja considerada a 13% de IVA.

Vamos saber o que é passar a “LESTE do paraíso”.

Nuno Catita

Facebook – Crónicas
09/11 às 19:10

OUTRAS ÁREAS DE ABERTURAS
 
Invasões