Aberturas
855 views 0 comments

Cor

by on 5 de Fevereiro de 2014
 

A cor, o que é afinal? Energia, no essencial.
É emissão de fotões, é um salto de electrões,
absorções, emissões, ou também interacções
entre a luz e a matéria.
Pode ser sublime, etérea.
Ela é interferência, é período, é frequência,
ela é excitação, e logo desexcitação,
ela é inspiração na paleta do pintor.

Afinal o que é a cor?
É o vermelho de Almada? É o azul de Chagall?
Seja ela tudo ou nada, a cor é fundamental.
Seja no azul do mar, que às vezes é cor de breu,
seja no azul do céu ou no verde de um olhar,
seja no roxo dos montes, seja no cinza das fontes,
nas searas amarelas, perturbantes de tão belas,
seja no verde das plantas, no colorido das mantas,
seja em janelas, portadas, seja em telhados, fachadas,
em azulejos, vitrais ou em tantas coisas mais,
a cor é fundamental.
O que é a cor afinal? Energia, no essencial.

 

Regina Gouveia, … Reflexões e Interferências, … colecção Paixão do Verso, … Editora Palavra em Mutação, … Porto, 2002. p.22.

OUTRAS ÁREAS DE ABERTURAS
 
Invasões