Aberturas
484 views 0 comments

Contra ventos e marés.

by on 24 de Novembro de 2015
 

rodrigo_henriquesPassaram 2 anos e alguns meses. Numa noite bastante triste dirigi a palavra a António Costa pela primeira vez. Estávamos no velório de Osvaldo Castro. Pedi ao Dr. Álvaro Pereira, presidente da Camara da Marinha Grande que me apresentasse o seu colega de Lisboa. Foi pouco o que lhe disse e a resposta viria uns tempos depois. Fui certamente dos inúmeros Portugueses com alguma simpatia pelo PS que deu um pequeno empurrão para que Costa viesse a assumir a liderança do seu partido.
Na véspera do 40º aniversário de um dia que dividiu dramaticamente os Portugueses Um secretário-geral do PS é indigitado (ou indicado) Primeiro-ministro. Nestes 40 anos, isso aconteceu diversas vezes, mas nunca com um apoio claro e inequívoco duma maioria parlamentar de esquerda.

Não sou dos que pensa que está tudo resolvido. Este País foi demasiado maltratado nestes últimos 4 anos. As mazelas vão demorar o seu tempo a tratar. Muito do que se perdeu é irrecuperável, mas sou dos que pensa que contra ventos e marés, um bom timoneiro é a condição principal para chegar a bom porto. Eu acredito!

Rodrigo Henriques
Facebook
24/11 às 18:30

OUTRAS ÁREAS DE ABERTURAS
 
Invasões