Aberturas
364 views 0 comments

Avante…

by on 27 de Outubro de 2015
 

nuno_catitaNumas quase certas eleições legislativas de 2016 perspetiva-se uma luta entre duas coligações, a coligação de direita a repetir-se como PAF, unindo o PSD e o CDS e uma coligação de esquerda, cujo grande avanço de negociações é considerado suficiente para serem governo, a unir o PS a CDU e o BE.

Não sendo propriamente um expert em política e muito menos em táticas de batalha eleitoral, creio que estas próximas eleições são o ideal para a esquerda mostrar o que vale, é a altura certa para confirmar, através dos votos dos portugueses, que são a solução certa para que Portugal recupere socialmente e economicamente, afastando definitivamente do poder os partidos que colocaram Portugal à beira do abismo ao conseguirem que a Troika fosse à sua vida, abandonando o nosso país numa altura em que ainda vão ser muito precisos.

A nova coligação, que poderá ser batizada de AC – Avante Camaradas, já deu os primeiros passos em direção ao sucesso, o novo Presidente da Assembleia é da “nova coligação”, o BE já fez duas excelentes propostas para melhoria do país e a preparação da proposta de moção de rejeição ao programa de governo da coligação, que ganhou as eleições e cujo líder foi indigitado como primeiro-ministro, atesta que tudo está sincronizado entre os três magníficos de esquerda.

Há que ir em frente, há que mostrar coragem para tomar as rédeas do governo e fazer ver à Europa quem é que tem o “passo certo”, há que reestruturar a dívida, ameaçar os alemães de que não pagamos, instalar a Troika no Palácio de São Bento, nacionalizar todas as empresas que foram privatizadas, dar um brutal pontapé no Euro e, finalmente, trabalhar menos, ganhar mais e baixar os impostos.

Se assim acontecer espero que nas eleições seguintes não existam muitas dificuldades para votar fora do país, nunca fui abstencionista!

Nuno Catita

Facebook – Crónicas
27/10 às 20:30

OUTRAS ÁREAS DE ABERTURAS
 
Invasões